08/10/2007

Cap 40: A caixa (Jeni)

Priscila continuava com aquela cara de espanto quase engraçada: boca aberta, olhos esbugalhados e mãos agitadas no ar.

_E você me diz tudo isso com essa voz tranqüila?

_Não é tranqüila. _ consertei, franzido a testa. _ Eu só não sei o que dizer...

_Xingar, gritar, explodir...

_Pode ser... _ sorri e abaixei a cabeça tristemente.

_Jeni, não tenho como negar, você é outra, esse homem te transformou.

_Isso é ruim?

_Não. É diferente. Eu pareço estar falando com uma Jeni que amadureceu cinco anos em um.

_Que exagero!

_Não é exagero. Morar com o Ruan e viver uma vida de casal de verdade te fez trocar muitas atitudes por posições mais maduras.

_O fato é que eu estou triste, triste por ele não ter me contado. Eu pensei que ele confiava em mim. Só que eu amo o Ruan e não quero que minhas palavras o machuquem. Não sei se isso é o que chama de maturidade, só não consigo fazer mal a ele, algo em mim trava.

_ Isso é bom! Muito bom! Significa que vão ficar bem, vão se arranjar...

_Hei! Não é assim! Eu vou dormir com um homem que... _ não consegui pronunciar aquilo. _ ... Foi para cama com a minha mãe!

_Não é exatamente um problema que “se vê nas melhores famílias”, é muito raro mesmo. Mas acho que pode enxergar de outra maneira. O Ruan que sua mãe conheceu é como ela falou: galinha, irresponsável, desligado de tudo. O seu Ruan é isso?

_Não. Ele se preocupa comigo como se eu fosse um vaso chinês avaliado em milhões que tem como uma relíquia. Agora, eu páro para dimensionar o que ele fez por mim e sei que ninguém faria. Eu estaria no olho da rua, abandonada!

_E sua mãe, me desculpe dizer, estaria se lixando para isso. Mas como você estava bem, ela resolver atrapalhar!

_Foi ruim revê-la. Não senti carinho ou qualquer afeto...

_Mas não duvido que ela tenha sentido inveja de você. _ disse-me. _ Agora fico aqui imaginando o quanto Ruan deve ter ficado confuso com os próprios sentimentos. Ele se apaixonou pela filha da ex!

_É o que sinto agora! Se ele teve um ano para lidar com essa situação, agora é na minha cabeça que tudo desaba.

_Você não pensa em adiar o casamento, pensa?

Olhei-a em silêncio.

_Jeni!

_É que agora é complexo... Tem uma coisa que ninguém sabe.

_O quê?

Meu celular começou a tocar. Atendi.

_Amor, telefonei para casa da Priscila e a mãe dela me disse que está aí. Vamos para casa? Estou aqui fora, vim te buscar.

_Hum... _ cocei a testa e pensei no que responder. Não podia negar que me senti ainda mais amada pelo seu gesto de se preocupar comigo. _ Tá.

_Quem é? É ele? _ Priscila perguntou quando me levantei.

_É. Ele está lá fora, veio atrás de mim. Tenho que ir, melhor enfrentar isso.

_Tudo bem, também acho! Mas... E o que ia dizer?

_Depois falo com calma. _ abri a porta.

Vi Ruan na porta da sala recebendo os cumprimentos efusivos da mãe de Pri, que já se ofereceu para servir um cafezinho.

_Não se preocupe... _ Priscila falou baixinho no meu ouvido. _ É que não é todo dia que o Capitão bate à porta.

_Ah... _ sorri. Essa coisa de patente não existia na minha cabeça.

_Ai está a moça! _ a mulher pegou no meu braço e fez carinho na minha cabeça. Abracei-a em despedida. Eu era sempre muito bem tratada naquela casa.

Ruan olhou-me e sorriu. Caminhei até a porta e passei por ele sem que me tocasse. Abri a porta do carro e sentei, olhando diretamente para frente.

_Está tudo bem? _ ele perguntou-me já ao meu lado.

_Você bebeu. _ disse-lhe sem rodeios.

_Como sabe? O que eu consigo esconder de você? _ sorriu.

Virei-me para olhá-lo:

_Quer mesmo que eu responda?

Ruan ligou o carro e disparou para casa.

Entrei a passos firmes, joguei a bolsa em cima da minha cama de solteiro e tirei os sapatos.

_Você não vai dormir aqui? _ ele perguntou quando entrei em seu quarto para buscar meu travesseiro.

_Não, acho que ainda não estou preparada para isso. Me assombra o pensamento de que você e minha mãe... _ suspirei e levei a mão à testa. _ Esquece!

_Jeni!

Fechei a porta do quarto e caminhei para o meu. Sentei em minha cama e fiquei absorvendo a nova realidade. O pior é que eu não podia simplesmente partir. Não depois de... Quando ele soubesse...

Levantei-me e peguei a caixa na gaveta do meu armário. Acariciei-a. Será que ainda valia a pena mostrar-lhe? Era vermelha, de camurça. Passei o dedão sobre a superfície aveludada. Aquilo mudava tudo. Apoiei meus cotovelos no joelho e com as mãos encostei a caixa na testa.

_E agora?


Autora: Li
(lianotacoes.blogspot.com)

**"Fã Clube Ruan Forever" (Clique aqui)**
**Comunidade do livro (Clique aqui)**

13 comentários:

Li disse...

0.o

Caixa?! Mas que caixa!
Tá, uma caixa.
O que tem NA CAIXA???????!!!!!!

Parece ser muito importante.

Será que isso tem a ver com o comportamento de Jeni em não machucar Ruan?

O que caberia de segredo em uma pequena caixa vermelha?

O quê?

Aberto o leilão de apostas!

Li disse...

|| <--------- A garrafa de Lutitta!

Tá bem cheia, podem sentar-se e começarmos a debater, porque esse mistério da caixa agora nos deixa com as orelhas em pé!

Quem chuta primeiro?

:P

Meninas, beijos.

*Estou melhor, os problemas não mudam, mas deve mudar em nós a força para enfrentá-los.*

Deisinha Rocha disse...

Ou GoDDDD...
Li, Jeni, Ruan e seus mistérios...

v6 adoram nos torturar...


antes de ler sobre a caixa, achei q ela tava grávida...


mas, eu não tenho nenhum palpite... não agora... pq a tal caixinha muda tudo...

hummmm
??????

Aih, a Jeni realmente tah madura... eitah, RUan....


Li, q boum q seu ânimo está melhor... assim, com certeza, as coisas melhoram...

bjOo ni vc, e bjo nas meninassss...

Anônimo disse...

jane ou jeni?

KÁKÁ disse...

po eu tb to achando q ela tah gravida...pode ser q lah na caixa tah o resultado do exame..rs...
ou sei lah..tem várias fotos dela com a mãe q ela guardava com td carinho e pensava em mostrar p ele e agora quer queimar td..rs..

eu acho q ele teve uma atitude madura sim... tipo ela realmente tem q ter uma tempo p cair a ficha neh...coitada..mais n pode terminer com ele por isso..afinal ela tem c colok no lugar dele..po era complicado..e tb quem garantia q a mãe dela ia aparecer..ia ser um sofrimento por nd..
poxa ela viu o carater da mãe dela e o dele....
ele eh um fofo...
vai passar e eles vão ser felizes..rs..
bjs li..tah lindo...

Nati disse...

Tb estava achando que ela estava grávida...Achei o mesmo que a Kaka.

Vai ver ela colocou o resultado do exame numa caixinha e pretendia dar de presente a ele.
Ela tem medo de magoa-lo pq estaria fazendo o mesmo que a mãe dela fez.
Meu palpite eh esse!

Beijinhos =**

Nathália disse...

Então o meu palpite não é novidade, pq tb pensei q ela estava grávida e estava esperando um jeito de contar pra ele, dar o exame de presente na caixa, sei lá, mas agora concordo com a Nati, ela estaria fazendo o mesmo q a mãe, com a diferença que ele tem certeza da fidelidade dela... mas tb podia ser... ah, desisto, um pouquinho de café e eu penso melhor, rsrs

Bjss meninas

sarah disse...

caraca q caixa é essa heim?
ai meu Deus Li tu ker matar a gente né?!
só pd q coisa feia isso nao se faz nos deixar com curiosidade!!
Mas sinceramente ate gosto fiko imaginnado oq pod estar vindo por aí!
bjinhis

Ana Carolina disse...

Poxa Li..que caixa é essa?!que coisa...já gosta de deixar a gente com a pulga atrás da orelha...não sei se é gravidez, pq pelo que fala da caixa parece dessas caixas de guardar coisas de familia, como fotos, cartas...não parece caixa de presente!caixa aveludada de camurça?!isso parece q tem algo muito maior..uma carta?!fotos?!sei-lá..li..escreve logo o p´roximo capítulo, que coisa!!!
beijos!!!

Li disse...

*tossi o café e me engasguei* Socorro, uma técnica para tirar manchas de café da roupa!

o.O

To com medo da próxima dizer: "Tem um bebê dentro da caixa!"

É uma caixinha pequena...

Exame?!

Putz, só se fosse dobrado em 16 partes hahahahahahahahahhahahahah

Vamos lá ver o que tem nessa tal caixinha.

Tem gente ai que chegou perto mesmo...
Começaram a esquentar.

Bebam mais cafézinho q tá quaseee lá.

Li (beijooosss ni vcs!)

aninha disse...

ai meu Deus!!!! ela está grávida!!!!!!!! e agora ??????

Deisinha Rocha disse...

nãm... se a caixa é pekena, então deve ser uma jóia, uma aliança - ki pode ser da mãe, a chave de alguma coisa... é alguma coisa de extrema importância...

algo q ngm sabe, mas q nos estamos lokas pra saber...

aiiiihhhhh....

Li... conta logo pra gnt...

Lucy disse...

Nya, gente!!! Que caixa é essa!?!?!?

Acho mesmo q ela tá grávida!!! \o/
Nya, pode ser tb as duas moedinhas q a mãe deixou... ou então... algum veneno... hahaha, mto "Romeu e Julieta", né? rsss...

Tô sem idéias!!! Vamos ver o q vai ter!!! \o/

Bjos, ninas!!!